http://igbavitoria.blogspot.com.br/

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Setembro Amarelo

Campanha Setembro   Amarelo
SUICÍDIO, O HOMICÍDIO CONTRA A PRÓPRIA VIDA

O suicídio  tornou-se uma verdadeira epidemia de proporções globais, sendo uma preocupação constante para vários países ao redor da Terra.
Enquanto muitos fatores referentes ao motivo que se contempla e comete suicídio são bem estabelecidos, tais como doença mental e abuso de substâncias, outros, tais como dificuldades econômicas, estão agora mais firmemente entrando na conversação, como motivos inteiramente legítimos.
A Organização Mundial de Saúde recolhe dos seus 172 países membros uma estatística tenebrosa sobre este assunto, mesmo considerando que alguns países não enviam dados corretos, como o Brasil campeão em desfaçatez, corrupção e  mentiras em quase tudo o que faz.
A estimativa é que anualmente morrem quase 1.000.000 (um milhão) de pessoas vítimas de morte voluntária.
Segundo os dados da OMS uma pessoa suicida-se no mundo a cada 40 segundos e isso representa 1,4% do total de todas as mortes.
Engana-se quem imagina que suicídio é coisa somente de países pobres. Os dados revelam que o mundo precisa preocupar-se com essa questão, porque a estatística é alarmante para todos. Vejamos  os  países com maior índice desse crime contra a vida:

Dados

Belarus – 20.5 por 100.000 habitantes.
Neste país o Suicídio é a segunda principal causa de morte. Pesquisadores encontraram entre homens em idade de trabalho uma correlação forte entre álcool e suicídio no país.
Letônia – 20.8 por 100.000.
Este é um país membro da União Europeia.  Lá o suicídio é considerado resultado do consumo de álcool, desemprego e saúde mental.
Sri Lanka – 21.3 por 100.000
A taxa nesse país é de 11 (onze) suicídios por dia, com o grupo de idade mais comum sendo de homens entre as idades de 15 e 44 anos.
Japão – 21.4 por 100.000
Representando as 3 razões principais do suicídio estão  as dificuldades econômicas, pressão social e depressão.
Lembremos que este é um dos países atualmente mais desenvolvidos e ricos do planeta.
Hungria – 21.7 por 100.000
Os temas mais comuns sobre o problema do suicídio na Hungria são: O divórcio e a viuvez entre pessoas de 40 a 60 anos de idade, o consumo de álcool e o desemprego.
Eslovênia – 21.8 por 100.000
Dados comprovam que cerca de um terço de todos os suicídios na Eslovênia são devido ao consumo de álcool.
Cazaquistão – 25.6 por 100.000
De todas as mortes por suicídio no mundo, mais de 3% ocorrem no Cazaquistão. Lá o suicídio é considerado uma epidemia entre os jovens.
Dados explicam que os motivos de tantos suicídios lá  são aumento do bullying, atormentação na escola, coisas relacionadas com  a Internet.
Guiana – 26.4 por 100.000
Geralmente suicidam-se com envenenamento com pesticidas como herbicida. 
As causas apontadas são as dificuldades financeiras, uso do álcool, e  envolvimento em violência doméstica quando são incapazes de encontrar um modo de vida para sustentar suas famílias.
Coréia do Sul – 28.1 por 100.000
Geralmente os suicídios são por enforcamento ou envenenamento, e as causas a coação mental, dor física, dificuldades econômicas e problemas familiares, nesta ordem.
Lituânia – 31 por 100.000
Os grandes motivos são as questões econômicas como a pobreza, o desemprego. O uso do tempo ocioso no alcoolismo tem sido considerado uma das principais causas.
India e China
São dois gigantes emergentes na economia mundial e os dois países mais populosos do planeta, a Índia tem um índice de 258 mil casos seguida da China com 120 mil.
Brasil - média de um suicídio por hora. 
Relatório da OMS em 2014 davam conta que o Brasil estaria entre os DEZ  países com maior índice de suicídios no planeta terra.
Os dados assustam por serem superiores ao número de falecimento em situações já conhecidas do povo brasileiro, como os acidentes de trânsito.
As causas mais conhecidas são a depressão, uso do álcool e outras dependências químicas, mas podemos incluir os problemas familiares como traições, desemprego, pobreza, etc.
Alemanha - 40 jovens tentam se matar por dia, mas só três conseguem.
Neste país Europeu, um dos melhores economicamente falando, há alguém se matando a cada 45 minutos.
De acordo com uma pesquisa de opinião realizada pelo Instituto Gewis, 4% dos jovens alemães já pensaram em se matar.
Na Dinamarca, Suíça, Alemanha e França, países do Primeiro Mundo, o suicídio é a causa mortis número um, ou situa-se nas estatísticas pouco abaixo dos acidentes de trânsito. 

Motivos

Pesquisas revelam que, o grande paradoxo deste tema é que o índice de suicídios é maior nos países considerados “mais felizes”, tanto que, EUA, Canadá, Dinamarca, Islândia, Irlanda e Suíça estão entre os países com mais suicídios no mundo.
O paradoxo dos altos índices de suicídio em lugares mais felizes em estudo realizado em  2011, foi elaborado conjuntamente por pesquisadores da britânica Universidade de Warwick e pelos norte-americanos Hamilton College e Universidade de São Francisco.
Eles definiram  “felicidade” como um conjunto de aspectos de natureza material, como ter:
  • dinheiro suficiente
  • boa moradia
  • comida
  • roupa
  • carro 
  • lazer  
  • vida saudável,
  • falta de privações
  • autonomia para cuidar de si próprio.
O estudo levou em consideração as primeiras posições na lista dos países considerados pela revista Forbes como os “mais felizes do mundo”, bem como os seus índices de suicídio.
Entre os países no ano do estudo, por ordem, estariam entre os dez com maior índice de suicídio a: 

  • Noruega, 
  • Dinamarca, 
  • Finlândia,
  • Austrália,
  • Nova Zelândia,
  • Suécia,
  • Canadá,
  • Suíça,
  • Os Países Baixos
  • Os Estados Unidos.
Esta lista baseou-se no chamado “Índice de Prosperidade”, elaborado pelo Instituto Legatum, de Londres, que classifica 110 países.
As conclusões do estudo indicaram que os países mais destacados na “lista da prosperidade” eram, ao mesmo tempo, os que apresentavam os índices mais altos de suicídio.


Estratégia de combate ao suicídio


Segundo a OMS, apenas 28 países possuem estratégia nacional de combate à morte voluntária. 

Outros Dados


A média global é de 11,4 por 100 mil habitantes, sendo 15/100 mil entre homens e 8/100 mil entre as mulheres. 
A região que apresenta os índices mais altos é o Sudeste Asiático, com 17,1 suicídios por 100 mil, seguido pela Europa, que chega a 13,8 por 100 mil. A taxa dos países africanos, que é de 7 a cada 100 mil, ou das Américas, 8,9 por 100 mil.
Estima-se que no Brasil entre os anos de 2000 e 2012, os  suicídios passaram de 7.726 para 10.321.
Métodos de Suicídio
A forma como o indivíduo tira a própria vida é intimamente ligada a dois aspectos: fatores culturais e acesso. Como exemplo, nos Estados Unidos, que têm taxa de 13,7/100 mil, o principal método utilizado é a arma de fogo, facilmente adquirida naquele país. Já na Ásia, em especial, nas regiões rurais da China e da Índia, a ingestão de pesticida está em primeiro lugar. Por esse motivo, qualquer estratégia de prevenção deve levar em conta características da sociedade onde será implementada.

Exposição Bíblica a respeito do suicídio

Há vários casos de suicídio na Bíblia, e  pelo menos seis pessoas específicas cometeram suicídio:

Abimeleque: “No mesmo momento Abimeleque chamou seu escudeiro e lhe ordenou: “Toma a tua espada e mata-me, para que não se divulgue que uma mulher conseguiu me abater!”  Juízes 9:54
Saul:Então Saul ordenou ao seu escudeiro: “Desembainha a tua espada e transpassa-me, para que não venham esses incircuncisos e antes de me matar me humilhem ainda mais!” Mas o seu escudeiro não conseguiu obedecê-lo. Então, imediatamente, Saul puxou sua própria espada e atirou-se sobre ela.!” I Samuel 31:4 KJA
O escudeiro de Saul: ”Assim que o escudeiro constatou que Saul estava morto, lançou-se de igual modo sobre a sua espada e também suicidou-se ao lado de seu rei!” I Samuel 31:5 KJA
Aitofel:Quando Aitofel percebeu que o seu conselho não tinha sido seguido, selou seu jumento, montou-o e partiu para a sua casa na cidade. Pôs todos os seus negócios em ordem e logo em seguida se enforcou. Ele foi sepultado no túmulo de seu pai!”  II Samuel 17:23
Zinri:Quando Zinri percebeu que a cidade ia ser tomada, entrou no castelo do palácio real e o incendiou em torno de si e morreu, por causa dos pecados que cometera, fazendo o que era mau diante de Yahweh,...” I Reis 16:18-19
Judas Iscariotes:Judas atirou então as moedas de prata dentro do templo e, abandonando aquele lugar, foi e enforcou-se!” (Mateus 27:5).
Sansão (?):Então Sansão pediu ao jovem que o guiava pela mão: “Por favor, deixa-me apalpar as colunas em que se apóia o templo, pois preciso me encostar nelas.” A casa de Dagom, o templo, estava repleto de homens e mulheres, e ali estavam reunidos todos os príncipes e líderes dos filisteus. Na galeria havia cerca de três mil homens e mulheres se divertindo com a presença de Sansão humilhado. Em um certo momento Sansão ergue um clamor a Yahweh e ora: “Ó Soberano e Eterno Deus! Eu te invoco e suplico, dá-me forças só mais esta vez, para que me vingue dos filisteus pelos meus dois olhos cegados, ó SENHOR!” Imediatamente Sansão forçou as duas colunas centrais sobre as quais o templo todo se firmava. Apoiando-se nelas, tendo a mão direita numa coluna e a esquerda na outra, exclamou: “Que eu morra com os filisteus!” Em seguida ele as empurrou com toda a sua extraordinária força, e o templo desabou de uma só vez sobre os governadores e todas as pessoas que ali se reuniam. Portanto, Sansão matou mais gente no momento da sua morte do que em toda a sua vida. Os irmãos de Sansão e toda a família do pai de Sansão foram buscar o seu corpo. Eles o levaram e o sepultaram nas terras que ficam entre Zorá e Estaol, no túmulo de Manoá, seu pai. Sansão foi juiz e chefe de Israel durante vinte anos!” (Juízes 16:26-31)
Alguns consideram Sansão um exemplo de suicida, mas o seu objetivo era vingar-se dos filisteus e não matar-se a si mesmo.
Cinco destes suicidas acima eram homens pecadores e perversos. Pouco sabemos  sobre o escudeiro de Saul para fazer um julgamento a respeito de seu caráter.
Na Bíblia  o suicídio é uma forma de  homicídio, um assassinato, e um dos Dez Mandamentos é: “Não matarás!” Êxodo 20:13
A Bíblia, Palavra de Deus, registra que, cabe a Deus decidir quando e como uma pessoa deva morrer.

A condenação de um suicida incrédulo

Se um descrente cometer suicídio, ele não fez nada mais do que “acelerar” a sua jornada para o Inferno.
A pessoa que cometeu suicídio estará no inferno,  por ter rejeitado a salvação através de Cristo.
Estará no inferno, porque rejeitou as promessas de Deus até nos momentos inexplicáveis de sua vida, preferindo o suicídio.
Porém, quanto aos covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que praticam imoralidade sexual, os bruxos e ocultistas, os idólatras e todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago de fogo, que arde perpetuamente em meio ao enxofre. Esta é a segunda morte!” Apoc. 21:8

Pode um cristão cometer suicídio?

A resposta é sim, porque há muitos casos de suicídio motivados por uma doença chamada “Depressão”, e se é doença, o cristão não está livre dela. 
Dados e especialistas no assunto, inclusive cristãos, confirmam que a depressão é o mal do nosso século atual, e uma das principais causas de suicídio no mundo.
Há inclusive, pastores, esposas de pastores, filhos de pastores, bons líderes de Igrejas Cristãs que são portadores de depressão.
Particularmente, eu conheço excelentes médicos, inclusive, cristãos que, já foram portadores de depressão.

Um cristão que suicida-se,  irá para o inferno?

A vida eterna (salvação) é garantida a partir do momento em que verdadeiramente se crê em Jesus Cristo: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna!” João 3:16. KJA
Segundo a Bíblia, os cristãos podem saber que possuem a vida eterna sem qualquer dúvida: Estas orientações vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o Nome do Filho de Deus!”  I João 5:13. KJA
“Na verdade, na verdade vos figo que, quem crê em mim, TEM A VIDA ETERNA!” Joã0 6:47
Não há condenação, para quem está em Cristo: Portanto, agora não há nenhuma condenação para os que estão em Cristo Jesus!” Rom. 8:1 KJA
Nada pode separar um cristão do amor de Deus: Portanto, estou seguro de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá nos afastar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!” Romanos 8:38-39. KJA
Se nenhuma "criatura" pode separar um cristão do amor de Deus,   então nem mesmo o suicídio pode separar um cristão do amor de Deus.
Jesus morreu por todos os nossos pecados e se cometer suicídio um cristão verdadeiro, em um momento de crise causada por doença ou fraqueza espiritual,  essa situação ainda seria coberta pelo sangue de Cristo.

Porque um cristão deve evitar o suicídio

Porque o suicídio é um grave pecado contra Deus, é assassinato, e por isso sempre será  errado.
Se não houver uma séria crise de depressão que, é uma doença, deve-se ter sérias dúvidas sobre a autenticidade da fé de qualquer pessoa que afirmava ser um cristão, mas mesmo assim cometeu suicídio.
Não há nenhuma circunstância que possa justificar que alguém, especialmente um cristão, tire a sua própria vida.
Os cristãos são chamados a viver suas vidas para Deus, e a decisão de quando morrer,  pertence a Deus e somente a Ele.  
Se você vive uma situação desconfortante, se parece que chegou no “fim da linha”, ou como dizem alguns: numa “situação sem visão de luz no final do túnel”, ouça o que alguns pensadores disseram sobre isso:
“Para toda angustiante interrogação, existe uma inesperada exclamação. Para toda vírgula que não te deixa ir adiante, existe um ponto final. Para toda reticência que dói para sempre, existe um novo parágrafo.” Caio Fernando de Abreu
 “Viver é uma questão de rasgar-se e remendar-se!” João Guimarães Rosa
“Se o conhecimento pode criar problemas, não é através da ignorância que podemos solucioná-los.” Isaac Asimov
“O homem ideal carrega os acidentes da vida com dignidade e graça, tomando a melhor das circunstâncias” – Aristóteles
Acima de tudo o que deve ouvir alguém tendente ao suicídio, seja cristão ou não, deve-se ouvir o que diz a Palavra de Deus:
“Porquanto para Deus não existe nada que lhe seja impossível!” Lucas 1:37 KJA
“Ó Eterno, meu Deus! Tu que fizeste os céus e a terra com o teu grande poder e com o teu braço estendido, nada é impossível para ti!…” Jeremias 32:17,27
E Jesus, fixando neles o olhar lhes revelou: “Para o homem isso é impossível; todavia, não para o Senhor. Pois para Deus tudo é possível!”. Marcos 10:27
"Ah! Soberano Senhor, tu fizeste os céus e a terra pelo teu grande poder e por teu braço estendido. Nada é difícil demais para ti!” Jeremias 32:17
"Se podes?", disse Jesus. "Tudo é possível àquele que crê." Marcos 9:23
Mas o Senhor disse a Abraão: " Existe alguma coisa impossível para o Senhor?". Gênesis 18:14
A solução que a Bíblia apresenta, para quem está em situações desesperadoras, é colocar a vida e tudo que há nela nas mãos de Deus,  agradar-lhe, confiar nele, descansar nele, e esperar nele:
Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.Descansa no Senhor, e espera nele!” Salmo 37:4-7
Jesus Cristo disse: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei!” Mateus 11:28
Porque suicidar-se, morrer sofrendo, quando Deus oferece solução e vida!
Não coloque sua vida no suicídio, coloque Jesus Cristo em sua vida.
DEUS O ABENÇOE!




segunda-feira, 21 de agosto de 2017

ESTUDO BÍBLICO

GRANDES RECOMPENSAS DA PALAVRA DE DEUS
Texto Bíblico: Salmo 119:161-168
161 Os poderosos perseguem-me sem motivo, mas é diante da tua palavra que o meu coração treme.
162 Eu me regozijo na tua promessa como alguém que encontra grandes despojos.
 163 Odeio e detesto a falsidade, mas amo a tua lei.
164 Sete vezes por dia eu te louvo por causa das tuas justas ordenanças.
165 Os que amam a tua lei desfrutam paz, e nada há que os faça tropeçar.
166 Aguardo a tua salvação, Senhor, e pratico os teus mandamentos.
167 Obedeço aos teus testemunhos; amo-os infinitamente!
168 Obedeço a todos os teus preceitos e testemunhos, pois conheces todos os meus caminhos. NVI
TESE: “A Palavra de Deus é a fechadura que nos guarda com segurança!”
INTRODUÇÃO
Chin é a letra do alfabeto hebraico que encabeça  esta que, é a 21ª estrofe deste Poema Acróstico.
A oposição dos príncipes indica que o salmista era uma pessoa poderosa, provavelmente o rei de Israel. (161)
O salmista diz que encontrar a Palavra de Deus, é encontrar “grandes despojos.”
 “Despojos” eram as riquezas do inimigo como armas, vestes luxuosas e caras, dinheiro, jóias, animais e utensílios que, enriqueciam e alegravam os vitoriosos nas guerras.
Nas épocas bíblicas e principalmente do Velho Testamento quando dois exércitos entravam em guerra, os soldados levavam consigo as suas riquezas. O exército perdedor, além de perder uma totalidade das vidas humanas, perdia, também, todas as riquezas que havia levado consigo. O exército vencedor ficava com todas as riquezas que, eram chamadas “despojos.”
Neste texto o salmista vê o povo de Deus como um exército em guerra.
O apóstolo Paulo disse que a vida cristã é uma constante guerra contra potestades.
Para o salmista o grande despojo e tesouro do crente nesta guerra é encontrar a Palavra de Deus, através:
·         do amor à Palavra de Deus. 165,167
·         da leitura da Palavra de Deus. 168
·         da meditação na Palavra de Deus. 161
·         do louvor por causa da Palavra de Deus. 164
·         da obediência à Palavra de Deus. 166-168
·         do tremor diante da Palavra de Deus. 161
Entre os tesouros que podemos encontrar na Palavra de Deus, neste texto são citados três:
1. A ALEGRIA - 162
            O salmista compara a alegria produzida pela Palavra de Deus com a alegria da vitória em uma guerra e os vencedores ganhando as riquezas do exército inimigo.
                A alegria advinda da Palavra de Deus tem várias origens:
      I.        O conteúdo da Palavra
·         É a Palavra de Deus
·         É o guia seguro para a nossa peregrinação na terra
·         É o pontapé inicial em nossa comunhão com Deus.
    II.        As lutas que lutamos para compreendê-la:
Lutar contra certas doutrinas apóstatas, antes de termos realmente chegado às verdadeiras.
   III.        As promessas de Deus inseridas erm Sua Palavra.
  IV.        As revelações contidas na Palavra.
   V.        Os despojos (tesouros) nela encontrados:
·         O resultado de uma guerra é algo muito incerto, mas o despojo é o fim da incerteza.
Os dois exércitos vão à guerra no intuito de serem vencedores, mas, somente um vencerá. Só se conhece o vencedor no final da luta.
·         Despojo é o enfraquecimento do adversário para quaisquer ataques futuros.
Além das vidas ceifadas, o exército perdedor perdia todas as suas armas de guerra, e a riqueza que poderia comprar e fabricar novas armas e ainda custear novas guerras.
·         Despojo é a garantia da vitória cabal sobre a guerra.
Neste poema o seu escritor coloca em Deus e em suas palavras,  o seu grande despojo, o seu grande tesouro.
O compartilhar o despojo, é um dos estágios fascinantes que produz a alegria do crente, sendo também uma das recompensas da Palavra de Deus.
2. GRANDE  PAZ . 165
Em todo este capítulo  paz não é ausência de tribulações, provações e  inquietudes.
O que o autor está dizendo é que,  esta grande paz é produto de:
·         Grande amor a uma grande lei.
·         Grande sustentação diante de grandes desafios.
O crente deve encarar a Palavra de Deus com amor.
Independentemente das circunstâncias “grande amor pela Palavra de Deus  produz grande paz!”
A paz advinda da Palavra de Deus tem várias origens:
·         A reconciliação com Deus: Portanto, havendo sido justificados pela fé, temos paz com Deus, por meio do nosso Senhor Jesus Cristo!” Rom. 5:1
·         Uma boa consciência pela supressão de desejos maus. Quando Deus entra na vida do homem, Ele retira de lá as coisas ruins que, prejudicam e destroem tanto a si como ao seu próximo.166-168
·         Paz com os homens pela prática do amor aprendido da Palavra de Deus. 165 Onde se pratica o amor, não há motivo medo: No amor não existe receio; antes, o perfeito amor lança fora todo medo. Ora, o medo pressupõe punição, e aquele que teme não está aperfeiçoado no amor!” I João 4:18
Spurgeon diz que, a paz que surge do amor à Palavra de Deus, é uma segurança contra o tropeço: "nada há que os faça tropeçar": 165
·         Nem a cruz de cada dia
Jesus disse aos seus discípulos: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me!” (Mat. 16:24)
·         Nem a provação ardente
Então voltaram para Listra, Icônio e Antioquia, fortalecendo os discípulos e encorajando-os a permanecerem na fé, dizendo: "É necessário que passemos por muitas tribulações para entrarmos no Reino de Deus". Atos 14:20-22
·         Nem a doutrina ardente
“Jesus Cristo disse, quando ensinava na sinagoga de Cafarnaum. Ao ouvirem a sua doutrina, muitos dos seus discípulos disseram: ‘Dura é essa palavra. Quem consegue ouvi-la?’ Daquela hora em diante, muitos dos seus discípulos voltaram atrás e deixaram de segui-lo. Jesus perguntou aos Doze: ‘Vocês também não querem ir?’ Simão Pedro lhe respondeu: ‘Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna!" João 6:59-60,66-68
A paz que o crente desfruta vem.  (165):
      I.        de uma  consciência livre de acusações.
    II.        De uma vida conforme às exigências da Palavra de Deus.
   III.        da certeza de aprovação e bênção divinas.
  IV.        Dos  privilégios e prazeres oferecidos pela Palavra de Deus.
   V.        Da segurança encontrada na Palavra de Deus:
Por tudo isso o crente está preparado para toda a caminhada com Deus.
Na tentação. está comprometido com a perseverança, porque o crente tem a promessa  divina de proteção.
Tudo isso para o crente é recompensa da Palavra de Deus.  
3. A SALVAÇÃO 166
Este é objetivo primordial da Palavra de Deus para o homem.
Para o salmista Salvação seria o livramento das forças inimigas que buscavam a sua morte.
Seria o livramento do terror que os homens malignos estavam promovendo contra ele.
Embora não tenha sido o que o salmisto tinha em sua mente, este versículo tem sido cristianizado, para falar da esperança cristã da salvação em Cristo.
Para o crente a salvação é a certeza de uma vida que não  envergonha.
Para a salvação o crente tem o Único Deus com as suas promessas, e seu único plano de salvação como alicerce de sua fé.
Enquanto aqui no mundo a salvação é uma boa esperança através da graça: “Aguardo a tua salvação!” 166
Desde o Velho Testamento  Salvação é dádiva de Deus: O salmista não diz que aguarda a salvação, e, sim, "aguardo a tua salvação". 166
Obediência à Palavra de Deus é o testemunho que o crente dá de sua salvação, como disse o salmista:  "e pratico os teus mandamentos" 
4. DUAS GARANTIAS SÃO RECOMPENSAS DA PALAVRA DE DEUS 165
Este texto bíblico garante clara e objetivamente para queles que amam a Palavra de Deus.
      I.        Uma posse dada por Deus: "Desfrutam paz".
    II.        Uma imunidade dada por Deus: "Nada os fará tropeçar".
Há Paz no Amor do crente pela Palavra de Deus: “Grande paz têm os que amam a tua lei.”
Até mesmo na presença de potentes inimigos, o salmista tem uma paz interior que brota do seu amor pela Palavra de Deus.
CONCLUSÃO
O salmista estava sob provação severa, inclusive sofrendo ameaça de morte, mas, porque brilhava nele a sua fé, seu amor e obediência nas promessas de Deus, ele desfrutava de “grande paz”.
A Escritura toda é divina: autoridade igual está presente em cada versículo; nenhuma distinção deve ser feita de maior ou menor obrigação.
O apóstolo Paulo disse: A Bíblia inteira nos foi dada por inspiração de Deus, e é útil para nos ensinar o que é verdadeiro, e para nos fazer compreender o que está errado em nossas vidas; ela nos endireita, e nos ajuda a fazer o que é correto!” 2Tm 3:16 BÍBLIA VIVA
O código moral da Palavra de Deus é uma unidade. 
“Alegro-me nas tuas  promessas!” 162 é uma afirmação de que, a Doutrina Bíblica produz alegria, e existem deleites em obedecê-la.
Este versículo bíblico tem sido cristianizado, para falar da alegria que a fé cristã produz no crente em Cristo.
Há alegria, para quem está conectado com a Palavra de Deus, e servindo a Cristo..
Quanto mais obedecermos à Palavra  de Deus, mais a amaremos.
Quanto mais amamos a Palavra de Deus, mais a obedeceremos.
A fechadura que nos guarda bem seguros contra os “tropeços que a vida impõe”, é “amar a Palavra de Deus continuamente".
APELO
           
grandes recompensas que o homem só encontra na Palavra de Deus.
O texto bíblico nos coloca diante de algumas verdades incontestáveis:
      I.        Os ensinos práticos e doutrinários de Deus estão diante de nós em Sua Palavra.
    II.        Por outro lado todos os nossos caminhos estão diante de Deus. Salmo 139
A melhor opção, escolha e decisão, é o que diz a Palavra de Deus:
Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração!” Heb. 4:7b
Qual é a decisão que você quer tomar agora?
Continuar rejeitando a Deus?
Abrir o seu coração e vida para Deus entrar?

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Champlin. R.N. O Antigo Testamento Interpretado Versículo Por Versículo. Vol. IV Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares. Hagnos, São Paulo, 2ª Edição, 2001
Chapman M. L., Purkiser  W. T., Wolf E. C., Harper A. F.. Comentário Bíblico Beacon. Reis Book’s Digital. Vol. III, Livros Poéticos,  Jó a Cantares. CPAD, 1ª Edição, Rio de Janeiro, 2005
Radmacher EarI D., Allen Ronald B., House H. Wayne. O Novo Comentário Bíblico. Antigo Testamento com Recursos Adicionais. Editora Central Gospel. 1ª Edição, Rio de Janeiro 2010
Pfeiffer Charles F.. Comentário Bíblico Moody. Vol. II Josué a Cantares, 1ª Edição, Imprensa Batista Regular, São Paulo, 1985

Pr. José das Graças Silva Oliveira